16/08/2019


Sancionada lei para criação da Guarda Municipal
....................................................
Certificados de curso online são entregues
....................................................
Secretaria de Saúde promove mutirão de catarata
....................................................
Metrô e BRT vão funcionar 24 horas em dias de Rock in Rio
....................................................
Entra em vigor lei que garante gratuidade a idosos acima de 70 anos nos restaurantes populares no Rio
....................................................
Caixa paga R$ 500 do FGTS para correntistas a partir da próxima sexta-feira
....................................................
Enem terá atendimento especial para mais de 50 mil candidatos
....................................................
Esporte Clube Nova Cidade completa 80 anos e apresenta exposição no shopping
....................................................
Secretaria estadual de Saúde arrecada brinquedos para fazer a alegria de crianças internadas
....................................................
Pulseiras do Rock in Rio devem ser retiradas até o dia 26
....................................................
Funcionários dos Correios entram em greve
....................................................
Assai Atacadista é inaugurado em Mesquita
....................................................
Patrimônio histórico nilopolitano é valorizado
....................................................
Monitoramento está atento à segurança e ordenamento da cidade
....................................................
Dia da Independência é marcado por desfiles cívicos no município
....................................................
Deputado Rodrigo Amorim busca garantir acessibilidade em Nilópolis
....................................................
CRLV digital para placas de final 7, 8 e 9 já está disponível
....................................................
Baixada passa a contar com centro de acolhimento para vítimas de violência
....................................................
Novas regras para tirar carteira de habilitação valem a partir de hoje
....................................................
Patrulha Maria da Penha começa a circular por Nilópolis, Mesquita e Nova Iguaçu
....................................................
Organização sobre urgência e emergência é discutida durante reunião no Cisbaf
 

 Foi realizada, no Consórcio Intermunicipal de Saúde da Baixada Fluminense (Cisbaf) mais uma reunião do Conselho Técnico. Durante o encontro foi discutido o projeto de implantação da regulação de pacientes críticos entre unidades da Baixada Fluminense (Central Vaga Zero). As novas atividades serão agregadas às funções da Central de Regulação do Samu 192, e serão também administradas pelo Cisbaf. A demanda foi acordada na terceira reunião regional de urgência e emergência, ocorrida em julho, que contou com a presença do Governo do Estado, município do Rio e Ministério Público.


Entre os itens discutidos estiveram o fluxo a ser adotado pela nova central de regulação, bem como a estrutura necessária para a sua operacionalização que envolve a contratação de profissionais (médicos e atendentes), software de gestão, serviço de telefonia e recursos de custeio.

De acordo com levantamento do Cisbaf, a rede de urgência e emergência existente atualmente para atender a população da região conta com: 31 Unidades de Pronto Atendimento (Clínicas da Família 24h, Unidades Mistas, UPA, Policlínicas 24h), dois hospitais infantis, cinco hospitais com menos de 100 leitos, um hospital especializado em ortopedia, e três hospitais com mais de 100 leitos (Hospital Geral de Nova Iguaçu, Hospital Municipal Moacyr Rodrigues do Carmo e Hospital Adão Pereira Nunes).

“A rede de atenção às urgências e emergências considera que o atendimento aos usuários com quadros agudos deve ser prestado por todas as portas de entrada dos serviços de saúde do SUS, possibilitando a resolução integral da demanda ou transferindo-a, responsavelmente, para um serviço de maior complexidade”, explicou a secretária executiva do Cisbaf, Rosangela Bello.

Caberá à nova central a organização da regulação nos casos de urgências clínicas, pediátricas, cirúrgicas, traumáticas, obstétricas e psiquiátricas; identificar, qualificar e classificar os pedidos de socorro oriundos das unidades de saúde; hierarquizar as necessidades; monitorar e orientar o atendimento prestado pelas equipes do suporte básico e avançado de vida (Samu), dentre outras.

 
 
Copyright © 2019 Todos os direitos reservadosl A Editora e Gráfica A Voz dos Municípios Fluminenses Ltda - Redação: (21)2691-1511 (21)2691-4549 (21) 3760-0950